quinta-feira, outubro 14, 2004

Pevides

O meu pai deixou de fumar há umas semanas.
Continua sem conseguir dormir e trocou os cigarros (sempre no canto da boca) pelos frutos secos. Amendoins, pistachos, pevides, whatever. É vê-lo todos os dias ao chegar a casa, a sentar-se no sofá e a comer aquilo. O chão fica todo sujo de cascas (e não pensem que é ele que limpa) e eu, por ter o computador na sala, tenho que estar constantemente a ouvir este barulho insuportável de cascas a partir. E o meu pai come de boca aberta, o que, se não sabem passam a saber, é o pior que me podem fazer. A coisa que mais me irrita: pessoas que comem de boca aberta.

Estou a ouvir musica com os meus phones para não ter que ouvir este barulhinho irritante. Apetece-me dar-lhe uma paulada na cabeça. É claro que se eu lhe disser educadamente que me irrita ouvi-lo comer aquela merda e que me irrita que ele suje a merda do chão todo e nunca limpe, sou uma filha ingrata, mal-educada e nada compreensiva com o meu pai, que está a fazer um esforço muito grande para deixar de fumar.

Então fico aqui amuada, a escrever estas barbaridades sobre o meu próprio pai e a desejar dar-lhe uma paulada na cabeça.
A verdade é que isto é muito mais saudável.



Olhem, parou.

2 Comments:

Blogger Catarina Costa said...

Olá! Ri-me búe ao ler este teu comment...lol

Está lindo!

Não te esqueças todos os pais tem defeitos irritantes...

Um segredo: o meu pai faz barulho a comer sopa... e também odeio..lol

vou passar por cá mais vezes.

9:08 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Se a estupidez fosse música, não precisavas de phones tu própria eras uma orquestra bem rasca...

7:59 da tarde  

Publicar um comentário

<< Home